Fundo TAN

عربي | English | Français | Lingála | Português | Soomaali | Español

O Fundo TAN oferece contribuições monetárias moderadas de 500 a 1000 dólares tanto para superar empecilhos financeiros de modo mais imediato como para auxiliar em iniciativas a longo prazo. Esse processo foi projetado para conceder contribuições monetárias a artistas com quaisquer dificuldades, como uma experiência inicial.

O fundo pode ser utilizado para uma gama de atividades, incluindo pagar artistas para atuar ou ensinar, pagar anúncios de eventos, gravar vídeos e fazer a produção, fotografia, design de website, gastos de transporte, comprar instrumentos e equipamentos, e garantir um espaço de ensaios.

O Fundo TAN é administrado pela Mayo Street Arts e examinado pelo Comitê do Fundo TAN que é composto por artistas de uma comunidade e defensores culturais que fazem parte de comunidades africanas de Portland e Lewiston/Auburn.

AS INSCRIÇÕES NÃO ESTÃO SENDO ACEITAS NO MOMENTO.

Em 2022, os seguintes artistas receberam Prêmios do Fundo TAN:

  • Baba Ly —guitarrista acústico fulani e contador de histórias; comprará um sistema de som profissional para apoiar seu trabalho
  • Batimbo United — Conjunto de bateria e dança do Burundi; vai compensar as despesas de envio para transportar um novo conjunto de tambores do Burundi
  • Fanfare Kimbanguiste (FAKI) — banda da igreja congolesa; comprará mais instrumentos para seu grupo, incluindo uma tuba
  • Jawad Al Fatlawi — Mestre instrumental de oud & luthier; começará a construção de um novo oud “Goldeneye” na forma de uma guitarra
  • Michelle Kazaka — Escritor e contador de histórias; publicará e promoverá seu livro de memórias, “How Long the Night”
  • Namory Keita — Baterista mestre guineense; comprará novos conjuntos de percurssão para que seus alunos melhorem sua carreira de professor
  • Sabina Najafova — Dançarina e artista visual do Azerbaijão; comprará materiais de artes visuais e novo figurino para apresentações
  • Sayalí Robles — Artista indígena Taino com raízes africanas; criará um grupo de aprendizado de dança Bomba e trará a cultura de Boriquem (agora chamado de Porto Rico) para o Maine

O TAN é mantido com o apoio da Maine Arts Commission (Comissão de Artes de Maine), uma agência independente do estado apoiada pelo National Endowment for the Arts.